últimas
NOTÍCIAS
Presidente do PCO diz que Alexandre de Moraes atua para tirar Bolsonaro das eleições
Ex-ministro Milton Ribeiro é preso em operação sobre corrupção no MEC
Ministro da Defesa diz ao TSE que vai indicar nomes de militares para fiscalizar urnas
Após apelo do governo, Petrobras busca alternativas para não aumentar preços dos combustíveis
Ativismo do STF começa a preocupar a velha imprensa
Política

Bloqueio do Telegram faz com que família Bolsonaro ganhe mais seguidores no app

 Publicado dia .21/03/2022

O bloqueio do Telegram fez com que o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos, o senador Flávio (PL-RJ), o deputado Eduardo (PL-SP) e o vereador Carlos (Republicanos-RJ) ganhassem, juntos, quase 130 mil seguidores no aplicativo.

Bolsonaro teve o melhor resultado, ao alcançar 1,2 milhão de seguidores — avanço de quase 110 mil pessoas em três dias. Em seguida, vem Flávio, que foi de 94 mil para 103 mil. Carlos conseguiu apenas 7 mil seguidores a mais.

Publicado pelo site Poder360 nesta segunda-feira, 21, o levantamento considerou o dia do bloqueio do Telegram, na sexta-feira 18, até o domingo 20, quando o app voltou a funcionar, após ter cumprido determinações judiciais.

A decisão de bloquear o Telegram foi do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O juiz do STF determinara a suspensão do serviço em virtude de o app supostamente permitir divulgação de “fake news”.

Desempenho da esquerda depois do bloqueio do Telegram

Pré-candidatos da esquerda à Presidência, Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT) tiveram resultado pífio em comparação à família Bolsonaro: ganharam 3 mil e mil seguidores, respectivamente. O petista foi de 48 mil para 51 mil. Já o pedetista, de 19 mil para 20 mil.


Compartilhe:


Qual sua Reação:

-- Publicidade --


infolango recargas

-- Fim da Publicidade --

Topo

  PREVISÃO DO TEMPO


  PREVISÃO COMPLETA  
    Parler   Facebook   Pinterest   Twitter   Youtube   WhatsApp
   Logo-MW
  VISUALIZAÇÕES
125549