últimas
NOTÍCIAS
Presidente do PCO diz que Alexandre de Moraes atua para tirar Bolsonaro das eleições
Ex-ministro Milton Ribeiro é preso em operação sobre corrupção no MEC
Ministro da Defesa diz ao TSE que vai indicar nomes de militares para fiscalizar urnas
Após apelo do governo, Petrobras busca alternativas para não aumentar preços dos combustíveis
Ativismo do STF começa a preocupar a velha imprensa
Política

Ministro da Justiça determina que plataformas deixem de exibir o filme de Gentili e Porchat

 Publicado dia .15/03/2022

O Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou, nesta terça-feira (15.03.2022), em caráter cautelar, que as plataformas com direitos de distribuição do filme “Como se tornar o pior aluno da escola” em seu portfólio suspendam a exibição imediatamente. Se elas não cumprirem a decisão da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) em cinco dias, podem pagar multa diária de R$ 50 mil.

A pasta comandada pelo ministro Anderson Torres alega que a suspensão é aplicada “tendo em vista a necessária proteção à criança e ao adolescente consumerista”. São citados para embasar a decisão o Código de Defesa do Consumidor e a Constituição Federal.

Anderson Torres criticou o filme no fim de semana, ao afirmar que ele tem “detalhes asquerosos”. O ministro adiantou, então, que a pasta iria adotar “providências cabíveis” para o caso.


Compartilhe:


Qual sua Reação:

-- Publicidade --


infolango recargas

-- Fim da Publicidade --

Topo

  PREVISÃO DO TEMPO


  PREVISÃO COMPLETA  
    Parler   Facebook   Pinterest   Twitter   Youtube   WhatsApp
   Logo-MW
  VISUALIZAÇÕES
125549