últimas
NOTÍCIAS
Bolsonaro disse para Lula: O seu governo foi o mais corrupto da História
Aliados festejam desempenho de Bolsonaro no JN
Alexandre de Moraes marca encontro com ministro da Defesa
Petrobras anuncia terceira redução da gasolina em um mês
Rosa Weber envia à PGR pedido contra Alexandre de Moraes por prevaricação e ativismo judicial
Opinião

Fiúza abre o verbo contra o DitaDoria e ironiza a viagem-relâmpago para Miami

 Publicado dia .03/01/2021

O jornalista e comentarista político, Guilherme Fiúza, publicou um vídeo em seu canal do YouTube, ironizando a viagem-relâmpago do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a Miami, estado americano sem lockdown; depois de aplicar medidas rígidas contra a população do seu estado.

“João Doria foi a Miami com a rapidez de um Zorro, o cavaleiro mascarado. Esses heróis de cara tapada são muito velozes”, declarou, zombando do fato de que o governador teve que voltar ao Brasil, após ser flagrado em uma loja fazendo compras sem máscara, item obrigatório na lista de medidas rígidas do tucano.

“A reversão do ‘Plano Miami’ só não foi mais rápida que a coletiva do Butantan pra anunciar que não haveria coletiva”, disse, se referindo ao cancelamento de entrevista do instituto à imprensa brasileira motivado pela falta de resultados nos dados de eficácia dos voluntários da vacina chinesa, CoronaVac.

“Foi o seguinte: os dados da vacina chinesa, previamente, divulgados não existiam. Nesse caso, é melhor mesmo cancelar a divulgação”, completou, informando que a equipe de saúde do estado não perdeu tempo e, mesmo sem os dados de segurança e eficácia, garantiu que o imunizante chinês era o melhor do mundo.

“Mas que fique claro: não ter o que divulgar não é problema nenhum para a equipe científica do ‘Plano São Paulo’. Todos são muito bem treinados no Teatro Amador e capazes de improvisar horas a fio sobre o nada”.

Diante de atos tão grotescos, o jornalista não teve outra alternativa a não ser evocar que o governador de São Paulo é um político imune ao constrangimento e vergonha.

“O governador de São Paulo é imune ao constrangimento. Nenhum imunizante na história da Medicina conseguiu tanta eficácia quanto esse ‘bloqueador de vergonha’. E não vá achando que o Doria perdeu essa imunidade. Ela continua 100% eficaz. Ou seja: o paciente permanece sem qualquer vestígio de culpa, remorso ou embaraço no sangue”, finalizou.

Confira a íntegra do vídeo:


Compartilhe:


Qual sua Reação:

-- Publicidade --


infolango recargas

-- Fim da Publicidade --

Topo

  PREVISÃO DO TEMPO


  PREVISÃO COMPLETA  
    Parler   Facebook   Pinterest   Twitter   Youtube   WhatsApp
   Logo-MW
  VISUALIZAÇÕES
128933