últimas
NOTÍCIAS
Bolsonaro disse para Lula: O seu governo foi o mais corrupto da História
Aliados festejam desempenho de Bolsonaro no JN
Alexandre de Moraes marca encontro com ministro da Defesa
Petrobras anuncia terceira redução da gasolina em um mês
Rosa Weber envia à PGR pedido contra Alexandre de Moraes por prevaricação e ativismo judicial
Justiça

Cármen Lúcia autoriza coronel Helcio Bruno a ficar em silêncio na CPI da Covid

 Publicado dia .09/08/2021

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, concedeu ao coronel da reserva Helcio Bruno de Almeida, do Instituto Força Brasil, o direito de ficar em silêncio e não produzir provas contra si mesmo em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19.

Helcio Bruno foi convocado para depor amanhã, terça-feira 10, como testemunha. Por isso, segundo a decisão da magistrada, o coronel terá de comparecer e dizer a verdade sobre fatos que não o incriminem. Cármen Lúcia negou o pedido da defesa para que o militar fosse autorizado a não comparecer na CPI.

De acordo com a Medical Supply, suposta intermediária da AstraZeneca no Brasil, Helcio Bruno intermediou um encontro entre os executivos da empresa e o então secretário-executivo do Ministério da Saúde, coronel Elcio Franco. Na ocasião, teriam discutido a compra de 400 milhões de doses da vacina produzida pelo laboratório anglo-sueco.


Compartilhe:


Qual sua Reação:

-- Publicidade --


infolango recargas

-- Fim da Publicidade --

Topo

  PREVISÃO DO TEMPO


  PREVISÃO COMPLETA  
    Parler   Facebook   Pinterest   Twitter   Youtube   WhatsApp
   Logo-MW
  VISUALIZAÇÕES
128934